Coworking em condomínio: quais os benefícios de contar com esse espaço?

Entenda por que a utilização de coworking em condomínio vem ganhando adeptos e quais as boas práticas essenciais para trabalhar nesse ambiente.

31 de março de 2021

Entenda por que a utilização de coworking em condomínio vem ganhando adeptos e quais as boas práticas essenciais para trabalhar nesse ambiente.

Após o início da pandemia, o home office deixou de ser tendência e virou realidade para grande parte das empresas no Brasil e no mundo. 

Segundo relatório da NABE (National Association for Business Economic) apresentado em janeiro de 2021, apenas 10% das empresas entrevistadas têm a expectativa de voltar com 100% da equipe no mesmo espaço após a pandemia.

Embora existam vantagens em trabalhar de casa, como a qualidade de vida e melhor gestão de tempo, alguns desafios precisam ser superados para garantir a produtividade individual e coletiva.

Nesse sentido, espaços como coworking em condomínio são alternativas para quem deseja um clima de escritório sem sair de casa. Entenda neste post quais os benefícios de contar com esse espaço para exercer suas atividades profissionais. Boa leitura!

Os desafios de trabalhar em casa

Muitas famílias ainda estão se adaptando ao modelo home office. Isso significa que existem desafios a serem superados, principalmente em relação à organização da dinâmica da casa.

Em alguns momentos, pode haver conflitos internos, pois uma pessoa precisa de silêncio, enquanto a outra está em uma reunião online, por exemplo.

Isso sem falar na infraestrutura do home office que, muitas vezes, ainda deixa a desejar em relação a um ambiente empresarial.

Mas e se você pudesse trabalhar com toda a privacidade e estrutura de um escritório corporativo sem precisar sair do condomínio?

Nesse sentido, os coworkings em condomínios são a grande tendência do momento, pois funcionam com uma estrutura profissional sem fazer com que os profissionais abandonem o tão almejado home office.

As vantagens de usar o coworking em condomínio

Infraestrutura

Trabalhar dentro do próprio condomínio oferece outro nível de conforto para os profissionais em relação à trabalhar em casa ou na empresa.

Isso porque a infraestrutura do local é projetada para oferecer todos os itens necessários para desempenhar um trabalho produtivo, tais como:

  • Wi-Fi de qualidade;
  • Mesas e cadeiras ergonômicas;
  • Ar condicionado;
  • Entre outros.

Economia

Se você arca com o pagamento do condomínio residencial, nada mais proveitoso do que usufruir da estrutura que ele oferece.

Nesse sentido, gera-se economia por não precisar alugar um espaço para trabalhar, além de economizar com o deslocamento para ir até o escritório, isso sem falar na possibilidade de fazer as refeições em casa e economizar na alimentação também.

Networking

Os espaços de coworking em condomínio vêm sendo cada vez mais estruturados para incentivar o networking.

Dentro de um condomínio residencial, isso é ainda mais vantajoso, pois permite que pessoas próximas fisicamente expandam sua oferta de prestação de serviços, movimentando a demanda local e contribuindo para os modelos de economia compartilhada.

Os cuidados ao usar o coworking do condomínio

Como vimos até agora, utilizar o coworking do condomínio é super vantajoso para uma rotina produtiva e organizada. 

Porém, é preciso se atentar a alguns pontos para garantir uma boa experiência ao utilizar esse ambiente. Confira quais os cuidados essenciais.

Confira as regras do condomínio

Quando se trata de um escritório compartilhado, é preciso se atentar às regras de funcionamento do espaço. Por isso, atente-se ao horário em que o local pode ser utilizado, se existe um dress code pré estabelecido, além de verificar se o espaço pode ser aproveitado por mais de um morador da mesma unidade.

Leia atentamente ao regulamento interno do seu condomínio e evite passar por contratempos nesse sentido.

Faça silêncio

Mesmo que você esteja utilizando um espaço dentro do condomínio residencial, é importante se lembrar de que aquele é um ambiente corporativo. 

Por esse motivo, evite falar muito alto, ouvir música sem fones de ouvido ou conversar despretensiosamente com colegas no telefone, por exemplo.

Caso precise fazer uma videoconferência ou alguma interação com a equipe remota, encontre um local calmo e reservado, onde você mantenha sua privacidade e não atrapalhe os colegas.

Mantenha a limpeza e a organização

Evite levar para o coworking do condomínio itens além daqueles essenciais para cumprir seu expediente.

Objetivos decorativos, por exemplo, devem ser mantidos somente em seu escritório particular, já que o espaço compartilhado normalmente conta com sua própria decoração.

Separe uma mochila com tudo aquilo que é importante em sua rotina de trabalho, tais como: 

  • Notebook;
  • Fones de ouvido;
  • Carregadores;
  • Caderno e caneta;
  • Garrafa d’água.

Não invada o espaço das outras pessoas

Ao trabalhar em um coworking em condomínio, é bem provável que você passe o dia cercado por pessoas que já conhece de outros locais, afinal, trata-se de seus vizinhos de apartamento.

Porém, é importante lembrar que esse não é um ambiente de lazer e, por isso, as conversas paralelas devem ser evitadas.

Mantenha a cordialidade ao chegar e sair do ambiente, interagindo o mínimo possível e não invadindo o espaço dos colegas que podem precisar de concentração para desempenhar suas funções corporativas.

Como vimos, o coworking em condomínio é uma ótima opção para quem está buscando um ambiente corporativo sem abrir mão da facilidade de ter seu escritório a poucos minutos de casa.

Se você deseja morar em um condomínio que oferece um coworking com infraestrutura completa para que obtenha produtividade no home office, conheça o futuro lançamento da Tecnisa no Campo Belo, um local que conecta você a todas as possibilidades!
Aproveite o momento e confira também nossas 5 dicas sobre o que avaliar ao procurar um imóvel.