6 dicas para deixar a sua casa mais fresca no verão

O verão chegou, e agora? Conheça algumas alternativas simples para refrescar o seu lar sem o uso do ar-condicionado

3 de dezembro de 2019

Um ambiente abafado não é nada agradável, não é mesmo? Por isso, agora que o verão está chegando, comecei a procurar algumas alternativas para refrescar a minha casa e torná-la mais agradável para mim e a minha família. Encontrei algumas opções bem simples, que vou dividir com você.

O final do ano é marcado pelo verão, que traz temperaturas muito agradáveis para aproveitar o tempo ao ar livre, em parques, clubes e praias, por exemplo. Embora o tempo quente seja ótimo para alguns tipos de passeio, ele não é tão confortável para quem fica dentro de casa — afinal, ninguém gosta de ficar em ambientes abafados.

Como o ar-condicionado gasta muita energia ou nem sempre é uma opção viável, é preciso recorrer a outros métodos para equilibrar a temperatura em ambientes internos. Quer saber como driblar o calor do verão e tornar o seu lar mais confortável? Neste artigo, veja 6 alternativas simples para refrescar a sua casa.

1. Use tecidos mais leves

Tecidos leves e naturais, além de mais confortáveis, respiram melhor e permanecem mais frescos. Cubra sofás e poltronas com capas e tecidos de materiais como algodão e linho e remova os tapetes ou substitua-os por versões mais finas, que usam corda, palha ou fibras de algodão. As cortinas também devem ser de tecidos leves e vazados, permitindo que entre vento na casa.

Sempre que possível, escolha tecidos claros ou de cores mais neutras. Isso porque elas refletem o calor em vez de absorvê-lo. Se as cortinas forem escuras, uma boa opção é trocar apenas os forros por panos mais claros.

Sofá com varias almofadas coloridas

Leia também: Cortinas: o que levar em conta na hora de escolher.

2. Evite a entrada de luz

Uma dica que pode parecer boba, mas que vai ajudar muito a refrescar a sua casa, é manter as cortinas fechadas. Essa medida ajuda a evitar que os raios solares batam diretamente nos cômodos.

Cortinas com blecaute podem ser ótimas aliadas para isso, desde que você deixe a parte branca virada para o lado de fora — assim, o calor será refletido para o exterior. Outra opção é colocar películas de controle solar refletivas nos vidros das janelas. Também é importante que os móveis não fiquem expostos ao sol. Isso porque eles acumulam muito calor, além de terem o seu material danificado.

3. Tenha lâmpadas de LED

Trocar as lâmpadas é outra medida importante para deixar a sua casa mais fresca. As lâmpadas convencionais tendem a esquentar mais para produzir luz. Já as de LED, por serem mais econômicas, consomem menos energia e liberam menos calor, colaborando para a manutenção da temperatura do espaço.

Além de esquentarem menos, o LED dura mais e é mais sustentável, sendo vantajoso para o meio ambiente e para as despesas com eletricidade.

4. Tenha plantas em casa

Ter plantas dentro de casa é mais uma forma de refrigerar o espaço interno. Isso acontece porque as plantas “transpiram” a água que sobra do processo de fotossíntese, além de contribuírem para a limpeza do ar. É importante saber, porém, que apenas um vaso não fará muita diferença — é preciso ter algumas plantas para sentir a diferença na temperatura.

O bom dessa alternativa é que há muitas espécies de plantas disponíveis, permitindo que você crie decorações bastante variadas. É possível, por exemplo, ter cantinhos verdes nas janelas, espalhar plantas pelos cômodos ou até fazer uma horta. Se você morar em apartamento e tiver um espaço reduzido, pode investir em jardins verticais.

Saiba como usar plantas em apartamento!

5. Deixe o ar circular

É muito importante que o ar circule. Assim, você não sofrerá com a sensação de abafamento. Deixar as janelas abertas é importante para que a brisa entre e o ar quente não fique preso dentro de casa — mas não se esqueça de barrar a luz do sol, usando cortinas para refletir o calor para fora da casa.

Você também pode aproveitar ventiladores, que ajudam na ventilação e na circulação do ar. Coloque o aparelho para girar no sentido anti-horário, pois assim ele fará com que o ar se mova de forma mais suave, trazendo o efeito de brisa.

6. Reduza o uso de aparelhos eletrônicos

Muitos aparelhos eletrônicos liberam calor mesmo quando estão desligados. Portanto, tirar os aparelhos que não estão sendo usados da tomada é uma forma de  ajudar a diminuir o calor em casa, e ainda economizar energia.

Há várias formas simples de deixar a sua casa mais fresca que não envolvem o uso do ar-condicionado. Neste artigo, foram apresentadas 6 dicas para deixar o seu lar mais confortável, mas também é possível investir em mudanças mais estruturais, fazendo obras que trarão bons resultados. Uma delas é trocar o piso de casa. Quer conhecer as possibilidades? Leia o artigo Piso ideal: chão que deixa todo o ambiente mais fresco e arejado!