Como utilizar Feng Shui na decoração

Prática milenar cria harmonia na disposição de objetos da casa e auxilia na circulação de boas energias no ambiente

24 de outubro de 2019

Eu sempre me interessei pelo conhecimento dos orientais no que diz respeito à arrumação de ambientes. Depois que nos mudamos para uma casa mais espaçosa e após o nascimento dos meus filhos, senti vontade de mudar a casa e aproveitei as dicas do Feng Shui para deixar tudo mais leve e harmônico. Vou compartilhar o que pesquisei:

O Feng Shui é uma técnica milenar desenvolvida pelos chineses com o objetivo de que criar espaços mais harmoniosos e com melhor circulação de energia boa entre os ambientes, por meio do reposicionamento de móveis e objetos. De acordo com os chineses, a mudança realizada no lar é capaz até de melhorar a relação entre as pessoas que vivem nela. 

Imagem mostra moça verificando a planta do apartamento.

A sala, por exemplo, é um dos ambientes de maior concentração de pessoas e diversidade de energia – já que há diferentes níveis de humor e interesses. É importante passar, tanto para os moradores quanto para os visitantes, a sensação de “bem-vindo” e de pertencimento ao local.

Segundo especialistas, o ideal é que a sala possua uma boa fonte de luz natural, com janelas amplas e se isso não for possível, instale luminárias nas laterais do cômodo e acrescente plantas naturais, que proporcionarão uma maior sensação de bem-estar.

Nunca deixe os sofás de costas para a porta de entrada, pois isso prejudica o fluxo de energia e passa uma mensagem de rejeição – como se as pessoas não fossem bem-vindas.

imagem mostra duas mulheres mexendo no celular

Para quem gosta de design de interiores, atenção: no Feng Shui é preciso que a porta principal abra totalmente, sem esbarrar em móveis ou paredes. Quando houver uma janela alinhada diretamente à porta, em um percurso sem desvios, coloque um biombo ou uma planta entre elas. Dessa maneira, a energia não sairá sem circular de modo adequado pelo cômodo.

No quarto, existem algumas dificuldades para harmonizar já que ao mesmo tempo em que você deve poder ver a porta quando estiver na cama, ela nunca pode estar diretamente em frente à entrada. Além disso, a principal dica é que a cabeceira da cama seja encostada na parede – mas que ela não tenha janela e nem faça divisa com o banheiro, já que a parede com o banheiro pode drenar as boas energias. Inclusive, quando o assunto é banheiro, o recomendado é deixar sempre a tampa do vaso abaixada e a porta fechada, para que a energia boa da casa não vá pelo ralo – literalmente. 

É claro que depois de tudo isso, a organização da casa precisa estar em dia. A bagunça reflete o nosso estado de espírito e até os sentimentos – quando o que está a nossa volta está desorganizado, é hora de olhar para dentro e avaliar se está tudo bem. O mesmo acontece com peças de roupa e objetos guardados sem uso, apenas acumulando energia. Portanto, é importante fazer faxinas periódicas para mandar embora o que já não faz sentido e renovar as energias.

Cores

Assim como os orientais são adeptos do minimalismo em algumas áreas, eles também são mais discretos quando o assunto é colorir. A energia das cores influencia diretamente o ambiente e pode trazer foco, energia ou tranquilidade para descansar dependendo do tom aplicado. Como o quarto é o espaço da casa que proporciona relaxamento e descanso, o ideal é apostar em uma paleta que misture cores neutras e claras. É muito importante avaliar essas nuances, especialmente no quarto das crianças. 

Imagem mostra um quartinho de bebê

Espelhos

Há um mito de que o Feng Shui desaconselha o uso de espelhos na decoração de casa. Mas a verdade é que a técnica recomenda apenas que haja certo cuidado na hora de posicioná-los para evitar as energias ruins. Eles podem ficar no hall de entrada ou em corredores, já que inibem o reflexo de peças que podem ampliar energia. 

Outra dica interessante: use e abuse das plantas! Além de deixar a casa com um aspecto mais natural e aconchegante, as plantas também são capazes de transmitir energia, principalmente quando são bem cuidadas e crescem fortes e saudáveis. Entre as recomendadas está o lírio-da-paz, a espada-de-São-Jorge, a árvore-da-felicidade e a zamioculca. Há quem diga que água corrente auxilia na prosperidade, por via das dúvidas, você pode incluir uma fonte no seu jardim

Experimente essas técnicas na sua casa! Além de deixar sua casa mais organizada e os ambientes mais fluidos, a prática ainda traz boas energias.