O que é Casa Verde e Amarela?

O Casa Verde e Amarela é um programa habitacional do Governo Federal que reformula o antigo Minha Casa Minha Vida, mantendo o objetivo de facilitar o acesso à moradia no Brasil. Com subsídios e juros baixos, oferece condições atrativas para que famílias de baixa renda possam financiar o seu primeiro imóvel próprio.

Para participar do Casa Verde e Amarela, o solicitante deve se enquadrar em uma das faixas de renda exigidas, que vão de R$ 2.000,00 a R$ 7.000,00. As condições de financiamento, que incluem o valor do subsídio oferecido pelo governo, os juros das parcelas e o prazo de pagamento, variam de acordo com esse enquadramento.

Entre as possibilidades do novo programa, temos a opção do público poder financiar a compra de imóvel novo, usado ou ainda a construção e reforma de moradias já existentes. O solicitante ainda pode usar o FGTS para abater parte do valor da entrada ou das parcelas.

Quais são as regras do Casa Verde e Amarela?

Além da adequação a uma das faixas de renda, o Casa Verde e Amarela faz outras exigências a seus beneficiários:

  • não ter nenhum imóvel ou financiamento imobiliário;
  • não ter restrições de crédito;
  • fazer a comprovação de renda;
  • ter prestações que não ultrapassem 30% da renda familiar mensal.
Oportunidade para a aquisição ou reforma de imóveis em áreas urbanas e rurais
Financiamento em até 360 meses
O FGTS pode ser usado para quitar a entrada ou as parcelas do imóvel
Tem a menor taxa de juros do mercado, entre 5% e 9%
Prestações não podem ultrapassar 30% da renda bruta familiar mensal

Faixas de renda do Programa Casa Verde e Amarela

As condições de financiamento do programa variam de acordo com o enquadramento de renda do comprador:

  • Famílias com renda de até R$ 2.000,00
    Financiamento em até 30 anos, com taxas de juros que podem chegar a 4,75% ao ano e subsídios de até R$ 47.500,00 de acordo com a renda e região do imóvel a ser financiado.
  • Famílias com renda de até R$ 4.000,00
    Subsídios de até R$ 29 mil para o primeiro imóvel, taxas de juros de 5,5% a 7% ao ano para quem não é cotista do FGTS e 5% a 6,5% ao ano para cotistas.
  • Famílias com renda de até R$ 7.000,00
    Não têm acesso a subsídios do governo e a taxa de juros fica em torno de 8,16% ao ano, sendo mais atrativos para aquisição da casa própria.

Perguntas frequentes

O que mudou do MCMV para o Casa Verde Amarela?

A renda mensal e as taxas de juros nos três grupos contemplados e melhores condições nas regiões norte e nordeste, assim como financiamento também de construção e reforma de moradias já existentes.

Quais as maiores vantagens do Casa Verde Amarela?

- Financiamento em até 360 meses.
- Subsídio do governo.
- Uso do FGTS para quitar a entrada ou as parcelas do financiamento.
- Menor taxa de juros do mercado.
- Conquista da moradia própria.

Quem pode participar?

Famílias com renda bruta de R$ 2.000 reais a R$ 7.000 reais.

Como usar o FGTS para comprar um imóvel com o Casa Verde Amarela?

Para utilizar seu FGTS é preciso ter, no mínimo, 3 anos de recolhimento, não possuir um imóvel na mesma cidade e não ter financiamento no Sistema Financeiro de Habitação.

Qual o valor do subsídio que o governo oferece?

Os valores dos subsídios variam de acordo com a cidade e renda bruta familiar, podendo chegar até a R$ 140 mil reais.

Tem dúvidas sobre como começar a compra de um imóvel? CONHEÇA O GUIA DE COMPRA TECNISA

Sobre a utilização do FGTS

O fundo de Garantia do Tempo de Serviço pode ser usado para a amortização de financiamentos. Entenda como usar o saldo do FGTS na compra de um imóvel.

SAIBA COMO UTILIZAR O FGTS