PETS EXÓTICOS

Dicas para quem quer ter um bichinho de estimação exótico em casa.

6 de abril de 2016

 

bichinho

Está pensando em ter um pet diferente de um gato, passarinho ou cachorro?  Seja qual ele for – lagarto,  coelho, chinchila, cobra, porco, etc. -, vale ficar atento a alguns pontos antes de comprar o seu animalzinho exótico.

PROCEDÊNCIA

Se o animal escolhido for silvestre, vale primeiro verificar se, segundo as leis brasileiras, é permitido criá-lo em casa e se ele está sendo vendido por quem possui licença do IBAMA para venda e procriação. Além de combater o mercado ilegal de animais, esta verificação é importante pois garante que o bichinho foi bem tratado e é de boa procedência.

NECESSIDADES ESPECIAIS

Cuidar de qualquer tipo de pet requer investimento de tempo, atenção e dinheiro. E, quando o animal é exótico, todos estes recursos podem ser potencializados: muitos seguem dietas atípicas, o que demanda tempo de estudo do dono e, às vezes, também a busca por alimentos caros e difíceis de encontrar; alguns precisam de acomodações e cuidados veterinários especiais, o que pode incrementar consideravelmente o orçamento mensal da casa. Por isso, pesquise bastante e faça contas antes de comprar seu pet.

CANTINHO ADEQUADO

Todo animal de estimação merece ter seu próprio espaço, onde ele possa viver de maneira saudável. Dependendo do pet, uma casinha e um espaço para transitar é o suficiente. Mas existem espécies exóticas que precisam mais do que isso: alguns podem demandar um espaço mínimo, que até pode ser estipulado por lei; e outros precisam de acessórios que ajudam a simular a vida silvestre.

E aí, preparado para comprar seu mais novo melhor amigo? :)