Painel para TV com ripas de madeira: um toque de classe para a sua sala

Painel para tv pode ser instalado em vários ambientes de casa e ser feito de diferentes materiais. Em madeira, um exemplo é o ripado. Veja.

5 de novembro de 2020

Nestes novos tempos, percebemos, mais do que nunca, que não podemos negar as novas tecnologias. As mídias digitais têm aproximado as pessoas e facilitado tarefas de estudo e de trabalho. 

Certos aparelhos, como os televisores, funcionam como uma janela aberta para o mundo, nos dando a oportunidade de, mesmo em casa estarmos em constante contato com a informação. Por isto, móveis como painel para TV não podem faltar na decoração no home theater.

Angelina Bunselmeyer Arquitetura

Segredos para usar painéis na decoração

A arquitetura de residências costuma explorar bastante a opção dos painéis em diversas situações de decoração – principalmente como divisórias e revestimento de parede. 

O mais comum é vermos painéis sendo pano de fundo de racks e aparelhos de TV. Mas esta não é a única opção para estas peças, obviamente. Também podemos usar painéis como estes em quartos e cozinhas – exemplos nas ilustrações a seguir.

Alex Bonilha e Mauricio Karam

Dicas de painéis para sala de estar

Você já sabe que é possível usar painéis de muitas formas na decoração de uma casa, mas vamos nos deter, neste texto, a falar exclusivamente dos painéis para TV. Olhando sites e revistas de decoração podemos ver inúmeros exemplos. 

As peças mais comuns, vendidas e requisitadas no mercado são aquelas feitas de aglomerados de madeira – MDF e MDP. Mas, nesta linha, ainda é possível ver painéis em madeira maciça e painéis feitos de pallets.

Obviamente, estas não são as únicas opções que temos de painéis para TV. Algo assim pode também ser feito de outros materiais, alguns que muitas vezes nem cogitaríamos, num primeiro momento – por exemplo, de placa metálica ou de gesso acartonado. O importante é que a estrutura, como um todo, seja forte o suficiente para sustentar a televisão, mas sem danificar a estrutura da parede onde será fixada.

Revista Viva Decora e Estudio AE
Milena Bomediano e Revista Viva Decora

Os belos painéis ripados de madeira para TV

Agora chegamos numa parte bem importante do texto, ao qual falamos sobre um modelo específico de painel para TV, o painel para TV ripado. Sabe o quer dizer ripado? 

É quando há uma grande placa com uma marcação sequencial, tendo recortes ou aplicações de filetes da mesma medida ou de espessuras diferentes. O distanciamento entre estes filetes pode variar –  só não sendo menor que 2 cm, para facilitar na limpeza.

Algumas madeiras, como a imbuia, podem ser utilizadas na fabricação de painéis ripados. Mas esteja atento ao seguinte: a parte ripada pode ser mais “dura”, mas a parte lisa para a fixação da TV é melhor que seja “macia”, para tornar a instalação dos suportes simples. Pode-se utilizar madeiras em dois tons, para enfatizar este efeito de profundidade. E o rack, prateleiras e nichos em frente também contrastar em tonalidade, destacando o painel.

São boas opções de madeiras para painel ripado: freijó, cumaru, imbuia, MDF e até madeira naval.

E por que apostar na madeira para o painel ripado? “A madeira é um material muito isolante e agradável ao toque” (Mais Arquitetura 34, em reportagem de Casa Abril); e também um material com textura muito marcante, atrativa, agradável ao olhar, tornando o visual do ambiente mais aconchegante. 

Além do mais, fica muito bem ao lado de elementos mais “frios”, como o mármore branco – uma forma de equilibrar os elementos da decoração.

Alex Bonilha
Alex Bonilha

Outra questão que devemos destacar, com relação ao design dos painéis ripados, é o sentido das próprias ripas. É que as linhas têm um forte impacto nas decorações de interiores. 

Colocadas na horizontal, por exemplo, podem fazer a sala parecer mais larga ou comprida. Já na vertical, pode destacar o pé direito, fazendo a sala parecer mais alta. E inclinadas, podem dar uma ideia de mais movimento ao cenário.

Antes de escolher um modelo de painel ripado, ou melhor, o sentido das linhas do painel, estude bem todas as linhas da sala decorada de casa. 

Observe atentamente, sobretudo, texturas e estampas de revestimentos de pisos, como laminados e tabuões, e paredes, como adesivos e papéis. Evite, assim, a confusão visual. Como diziam os saudosos arquitetos modernistas: “menos é mais”.

Estúdio COAS

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.