Como escolher os móveis perfeitos para o quarto das crianças

Decoração de quarto infantil pode ser muito mais estilosa do que os modelos conhecidos no passado. Saiba como com os exemplos deste texto.

19 de novembro de 2020

Decorar um quarto de menina ou de menino é uma experiência única para um designer de interiores. É olhar para casa de uma perspectiva nova, ou seja, do ponto de vista das crianças – o que deve ser bem atrativo. 

Certamente, as coisas vistas por este ângulo são diferentes. Por isto mesmo é que móveis como camas, escrivaninhas, criados-mudos e mais para ambientes infantis precisam apresentar não só medidas, mas detalhes de design adaptados. 

Danyela Corrêa

Tendências para decoração de quartos infantis

Era comum, no passado, folheamos revistas brasileiras de decoração e vermos quartos infantis, sobretudo de bebês, apenas com cores como azul, rosa e amarelo claro. O cenário, como um todo, era bem suave, remetendo à uma estética mais clássica. 

Contudo, com o avanço da internet – e seus sites especializados, blogs e redes sociais – tivemos acesso a novas referências. Assim, propostas de interiores passaram por mudanças significativas.

Nesta linha, o quartos infantis ficaram muito mais coloridos e divertidos. Suas decorações, hoje, são bem mais lúdicas, com imagens ligadas ao mundo infantil – como princesas e super heróis. 

Também mais educativos, ajudando a fornecer muitos ensinamentos às crianças, incentivando-as às práticas de atividades cognitivas e motoras. Fora isso, segue tendências estéticas da moda – como estilo vintage, escandinavo e outros.

Revista Viva Decora
Mariela Uzan

Com relação as novas decorações de ambientes infantis, outra coisa que chama bastante a atenção é a variedade de opções de móveis, revestimentos e acessórios. 

Peças de linhas retas otimizam cômodos mais compactos, mas nem por isto são menos charmosas, apresentando detalhes especiais – como frisos e puxadores coloridos. Ainda há aquelas imitando formas de animais, pequenas nuvens e estrelas, como mesinhas e abajures.

Revista Viva Decora

Para as paredes, fazem sucesso os papéis geométricos, em degradê, imitando madeira, floridos e com outros desenhos divertidos. 

Também tem os adesivos, que podem ser aplicados na portas dos ambientes ou em portas de guarda-roupas. E não podemos deixar de fora desta lista de personalização dos ambientes infantis os quadrinhos, cortinas – quase sempre em meia altura -, colchas de camas, tapetes e mais.

Revista Viva Decora e Adriana Fontana
Quattrino Arquitetura

Dicas de decoração para quarto infantil

Vamos agora falar dos layouts para quartos infantis. Pois bem, para começar, assim como acontece em quartos de adultos, quartos de crianças precisam de camas e lugares para guardar roupas, sapatos, brinquedos e, mais adiante na vida, livros e outros pertences. E os pais podem decidir colocar neste ambiente também alguns outros móveis pensando nas atividades recreativas dos filhos.

Agora, não se pode exagerar colocando coisas demais no local. O certo é deixar uma área central livre para as brincadeiras das crianças. 

Também é muito interessante ter um espaço reservado para os estudos, reuniões de amigos e práticas de hobbies, como tocar violão ou jogar vídeo game. Escrivaninhas frente às janelas inspiram; camas com laterais encostadas às paredes protegem; e tapetes com textura bem no centro dos layouts instigam sentidos.

Revista Viva Decora
Renata Popolo

Método montessoriano

Este método tem dado o que falar no mundo da decoração. Ele é o resultado dos estudos de uma médica italiana que entendeu o poder que o tratamento de ambientes pode ter sobre as crianças. 

É possível que todos os elementos colocados no cômodo alterem o seu humor, sua saúde e impactam  busca por sua identidade e até o modo como irão ver o mundo quando partirem para a sua jornada de vida.

Talvez, depois de tudo que foi dito, que agora, mais do que nunca, você pense que realmente tem motivos para pensar em cada detalhe do quarto do seu filho. Este método ensina que é interessante pensar na coisas sob o olhar das crianças. 

Prateleiras baixas para livrinhos e brinquedos, ao alcance das mãos. Uma cama em formato de casinha ou tenda, fácil de deitar e levando os pequenos a imaginarem histórias. Mesinhas de pintura, pufes e mais.

Revista Viva Decora

Os móveis certos para um quarto infantil

Definitivamente, a cama ou o berço não podem faltar em decorações de quartos infantis. Esses móveis são considerados essenciais neste tipo de ambientação de interiores. Depois deles os guarda roupas. 

Acompanhando, criados-mudos e gaveteiros – que podem ser usados como trocadores também em quartos de bebê. E, para o período escolar, uma escrivaninha ou mesa de computador.

Agora, numa decoração de quarto infantil, havendo espaço, é possível acrescentar mais móveis – não essenciais, mas importantes para compor o layout planejado. Por exemplo, estantes, nichos, prateleiras, baús, sapateiras, espelhos, cabeceira, cabideiro, e mais. 

A lista pode ser interminável para os pais. Mas é importante que os pequenos possam participar deste planejamento. Afinal, será o cantinho deles na casa. 

Shiroma e Montemór Colab Decor

Já escolheu o estilo de decoração para o quarto das crianças? Então, mão na massa, crie um quarto lindo para eles!

Essas dicas para a decoração infantil foram criadas pela equipe Viva Decora.

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS