Diferentes opções de coifas que vão deixar sua cozinha deslumbrante!

Para melhorar a condição no ar da cozinha, podemos contar com a coifa. Mas existem muitos modelos deste aparelho. Conheça alguns deles.

11 de junho de 2021

Sabemos que o projeto básico de uma cozinha compacta precisa apresentar pelo menos três equipamentos: pia, geladeira e fogão. Depois disso, questiona-se se há a necessidade de todos os demais aparelhos instalados no local. 

Por exemplo, para que precisaríamos de um depurador de ar ou coifa sobre o fogão? Você sabe? Bem, seria para melhorar a condição do ar neste ambiente durante e depois do preparo das refeições.

Aliás, você saberia também qual a diferença entre depurador e coifa? Respondendo, o primeiro aparelho seria apenas a capacidade de filtrar o ar local. 

Já a coifa seria capaz de levar a fumaça saída das panelas sobre o fogão para fora de casa através de uma tubulação embutida no teto ou em um forro sob o teto. E precisamos destacar que os novos modelos de coifa podem também funcionar como depurador. Conheça-os.

Revista Viva Decora

Modelos de Coifas

#1 Por local de instalação

Digamos que você começou agora mesmo a montar uma decoração de cozinha, qual o modelo de coifa poderia escolher? 

Primeiro deve saber que existem modelos diferentes à venda nas lojas e que o motivo disso, em grande parte, tem a ver com a existência de diversos layouts de arquitetura. Por exemplo, há cozinhas montadas em fita – com uma linha ou duas linhas paralelas de balcões – e cozinhas com balcão ilha no centro.

Para cada um desses casos existem modelos de coifas. Ou seja, em resumo, podemos dizer que há dois tipos de coifa no mercado:

  • aquelas próprias para serem instaladas encostadas em uma parede – chamadas de “coifas de parede” -; e
  • aquelas próprias para serem instaladas direto no teto, sobre uma ilha de cozinha – chamadas de “coifas de ilha”.

Neste momento, ainda precisamos lembrar que todos esses tipos de coifas foram projetados para que a sua chaminé leve a fumaça saída das panelas do fogão para fora do ambiente. 

É preciso, portanto, que haja uma tubulação que faça a ligação desta peça até o lado de fora da residência – que geralmente fica embutida dentro de um rebaixo de forro no ambiente. Mas esta não é uma exigência para o seu funcionamento.

Como dito antes, as novas coifas também funcionam como depuradores de ar. Neste caso, a sua chaminé não precisa ser estendida até uma tubulação. Ela pode ficar alinhada com a marcenaria dos armários aéreos, por exemplo. 

Contudo, é preciso estudar o caso com atenção para que algum arremate seja feito entre o aparelho e o teto – evitando que a chaminé termine em um “nada” ou que a coifa tenha que ser instalada muito ao alto.

A saber, alguns modelos de coifas são vendidos com chaminés de até 50 cm, sendo oferecida à parte uma extensão de cerca de 30 cm – ficando, no total, com 90 cm. E a distância recomendada entre a parte inferior da coifa e o tampo do fogão ou cooktop abaixo deve ter entre 65 e 80 cm.

Gisele Emery
Bernal Projetos
Renata Basques

#2 Por design

Nas lojas de eletrodomésticos, podemos encontrar estes dois modelos de coifas citados antes, mas em diversas versões diferentes. 

Para começar, eles podem ter diversas medidas – 60, 70, 80 e 90 cm -, compatível justamente com as medidas dos fogões que acompanharão. Alguns modelos são mais quadrados ou retangulares; outros curvos ou inclinados; e tem aqueles que apresentam um caimento como de churrasqueiras.

As coifas com cúpulas trapezoidais já foram as mais vendidas nas lojas. Contudo, as características dos novos projetos de cozinha fizeram, recentemente, as coifas retas ganharem mais popularidade e virarem tendência. Claro que isso como solução para fogões instalados próximos a paredes.

Já para as ilhas, existem mais opções ainda. É que, neste caso, as coifas também são vistas como algo ornamental. Elas ajudam a assinalar a posição dos fogões nas ilhas e podem fazer as decorações parecerem mais sofisticadas. 

Para estes casos, além das lindas coifas de abas retas e curvas, também há as coifas tubulares – em formato de tubo quadrado ou redondo; sem falar nas coifas suspensas, parecendo lustres pendentes.

A.M Studio Arquitetura
Marcelo Rosset Arquitetura e Patricia Kolanian Pasquini

#3 Por materialidade

Por fim, devemos destacar mais uma diferença estética das coifas, que faz relação com a sua materialidade. Na verdade, os novos modelos de coifas são feitos em aço inox. 

Mas, algumas delas, como as coifas inclinadas e as coifas curvas, vêm com partes de vidro. E estas, em especial, podem deixar as decorações de cozinhas com um visual mais requintado e até futurista.

Lúcia Vale
Patricia Kolanian Pasquini e Revista Viva Decora

Claro que na hora de escolher o melhor modelo de coifa para a cozinha de casa, não devemos levar em consideração apenas a questão estética.

Devemos pensar também em eficiência, consumo de energia, voltagem, potência e dimensões do produto. Mas é claro que o visual do equipamento importa, sim. 

E ainda precisamos dizer que certos modelos contribuem ainda mais para as decorações, ajudando a melhorar a iluminação dos ambientes de cozinha, já que possuem pontos de luz de LED. Agora a decisão de escolha ficou ainda mais difícil, não? Inspire-se com as imagens deste texto.

Fernanda Azevedo Mancini
Enzo Sobocinski

Deixe sua cozinha mais bonita e, além disso, só com o cheirinho delicioso da comida! Qual coifa você vai usar?

Essas dicas de decoração para a cozinha foram criadas pela equipe Viva Decora.