Jardins em miniatura

Tudo é gigante hoje em dia: os desejos, o amor descontrolado, a cidade, as ambições… Talvez por isso o que é pequeno, de proporções realmente diminutas, desperte certo furor. Uma das modinhas recentes é criar microjardins em casa. Pode ser um canteiro de ervas delicadas dentro das cascas dos ovos do café-da-manhã ou um painel… Ver artigo

20 de março de 2012

Tudo é gigante hoje em dia: os desejos, o amor descontrolado, a cidade, as ambições… Talvez por isso o que é pequeno, de proporções realmente diminutas, desperte certo furor. Uma das modinhas recentes é criar microjardins em casa. Pode ser um canteiro de ervas delicadas dentro das cascas dos ovos do café-da-manhã ou um painel de orquídeas que brota de antigos tijolos pendurados na parede do quintal.

Os terrariums também têm feito sucesso. Universos naturais liliputianos, mas de requinte sem igual. Lâmpadas, potes de conservas, vidros de xarope, aquários de desenho animado, cúpulas de vidro – geralmente usadas para cobrir bolos e docinhos. Cenários para jardins que parecem feitos para brincar de boneca. Outro dia mesmo plantei umas folhagens bonitas no açucareiro da tia-avó esquecido no fundo do armário da cozinha. O arremate: um punhado de buchinho comprado na loja de jardinagem do bairro. Assim simples, mas lindo de doer.

Já vi jardim brotando de rolhas de vinho e também de suportes de cerâmica. Ninhos de cultivo inventados por algum designer dado a miudezas. Tem quem incremente o jardim pequenininho com homens e mulheres minúsculos, brinquedos que tornam o passatempo ainda mais divertido.

E você, onde planeja criar seu pequeno jardim?