Fixo ou móvel?

Escolher móveis fixos ou que possam ser mudados de lugar a seu bel prazer? Esse é grande dilema quando você entra em um apartamento novo. Tudo vazio, mil possibilidades e, quase sempre, acaba-se caindo em alguns clichês. Geralmente fixos… A famosa estante do home theater encabeça essa lista. Um móvel muito prático, no qual você… Ver artigo

21 de outubro de 2009

aparador

Escolher móveis fixos ou que possam ser mudados de lugar a seu bel prazer? Esse é grande dilema quando você entra em um apartamento novo. Tudo vazio, mil possibilidades e, quase sempre, acaba-se caindo em alguns clichês. Geralmente fixos… A famosa estante do home theater encabeça essa lista. Um móvel muito prático, no qual você pode encaixar a tevê, o som e ainda rechear com livros, vasos e bibelôs os espaços que sobram. Ok, é realmente muito prático. Mas sou um pouco contra a falta de mobilidade das peças dentro de casa. Uma estante fixa, geralmente gigante, ficará por ali para todo o sempre. Já ao optar por móveis que possam ser reposicionados no ambiente, você pode ganhar uma casa nova a cada seis meses ou, pelo menos, a cada ano – no caso dos decoradores domésticos mais conservadores.

Quer ver um exemplo? Eu mesma, tomada por um surto de metamorfose doméstica de grandes proporções, já mudei cinco ambientes da casa apenas trocando os móveis de lugar. Como tudo é móvel, sofás mudaram de uma sala para outra, estante do quarto foi parar na cozinha, armários ganharam outros rumos e outras funções. Sim, porque uma estante de livros, dependendo do modelo, pode funcionar muito bem como um guarda-louças ou um bar na cozinha, na copa ou na própria sala de estar. Levantei esse assunto porque na semana passada o designer Marcelo Rosenbaum lançou uma linha de móveis com essa característica. Tudo pode ser mudado, arrastado de um cômodo para outro, encaixado de maneiras diversas. A linha Caruaru, além de caprichada e 100% móvel, ainda tem ilustrações de J.Borges de brinde. Ela foi criada com exclusividade para a Micasa. Vale a pena conferir, nem que seja para buscar novos modelos inspiradores para seu lar-doce-lar.

 
Chris Campos é jornalista e escritora, criadora do site Casa da Chris  e autora dos livros “Casa da Chris” (Editora Record), “Assim te Conquistei” (Versar) e “Almanaque das Festas Instantâneas (Memória Visual)