Conheça Pinheiros, em SP: o bairro mais legal, cultural e descolado da capital

Repleto de lugares para conhecer, Pinheiros é um bairro completo e um ótimo lugar para morar.

15 de maio de 2019

O bairro de Pinheiros, localizado na zona oeste de São Paulo, é um dos pontos mais agitados da cidade e tem atrações para todos os gostos. Com um passado histórico fascinante e atrações que vão desde teatro a lojas modernas e arte de rua, me encantei em conhecer essa parte da cidade. Gostei tanto que percebi que ele é um ótimo local para morar. Conheça um pouco do que eu descobri sobre um dos bairros mais legais da capital paulista.

A região de Pinheiros nasceu no Largo da Batata, como uma aldeia de índios, e hoje é

um dos bairros referência em São Paulo. Muitas tendências são lançadas por lá e o que acontece de mais badalado na cidade também.

Continue lendo e conheça mais da gastronomia, onde fazer boas compras, morar ou simplesmente relaxar no bairro de Pinheiros.

Guia sobre o bairro Pinheiros (SP)

1. Onde comer em Pinheiros

Hoegaarden Greenhouse

Pinheiros é um bairro de estabelecimentos exclusivos – ou que abrem a primeira loja lá e depois se espalham pela cidade. E foi isso que aconteceu com a cerveja belga Hoeagaarden, que escolheu São Paulo para abrir o primeiro Greenhouse do mundo – adivinhem onde? Em Pinheiros. O bar tem ambiente intimista, repleto de árvores e música ambiente. A ideia é fazer eventos diferenciados como brunchs e exibições de arte.

bancada de um bar que fica localizado em Pinheiros
King of The Fork (KoF)

O KoF, como também é conhecido, é um café 100% dedicado à cultura do ciclismo. Daí a grande quantidade de bicicletas estacionadas junto ao local.

O nome também vem dessa cultura e é uma referência ao “king of the mountains” (rei das montanhas), o título dado ao melhor ciclista de montanha, e “fork” (garfo em inglês) é o nome de uma parte da bicicleta.

Se você gosta de um bom café da manhã vai curtir as panquecas, bolos, biscoitos, iogurte, frutas e granola. E se o café marcou a região de Pinheiros no passado, o KoF honra essa tradição e faz da bebida, o expresso, principalmente, o carro chefe da casa. Vale a pena experimentar as opções de café gelado.

uma cafeteria vista do lado de fora
Kød

O hambúrguer é a comida das grandes metrópoles e é carro chefe do Kød, comandado pelo chef Bruno Alves (ex-publicitário).

O nome estranho é uma palavra do dinamarquês que significa carne. Então, os carnívoros de plantão têm várias opções, como a parrilla, preparada no melhor estilo argentino.

E como um bom prato salgado pede outro doce para finalizar, vale experimentar as opções deliciosas de milkshake da casa.

Arturito

Os fãs de Masterchef não podem deixar de visitar o Arturito, o restaurante comandado pela chef argentina Paola Carosella. E o estabelecimento tem a personalidade da dona: é ao mesmo tempo doce e exigente no menu.

Uma curiosidade do cardápio é que todos os ingredientes são orgânicos, e você pode saborear vários pratos clássicos como as tradicionais empanadas, o choripán e o ojo de bife.

O lugar é perfeito para um jantar romântico (dica: chegue antes das 21h para conseguir uma boa mesa).

2. Lazer e cultura em Pinheiros

Praça Benedito Calixto

É o melhor lugar para passear nas manhãs de sábado em Pinheiros. Por que? A feirinha local é recheada de lojas bacanas, música boa e estandes que vendem comida de todo tipo, até o acarajé baiano você encontra por lá. Desça na estação Sumaré e você estará próximo!

Praça do Pôr do Sol

Não são só os cariocas que têm um lugar especial para apreciar o pôr do sol. A Praça Coronel Custódio Fernandes Pinheiro – também chamada de Praça Pôr do Sol – tem uma das melhores vistas de Pinheiros.

imagem do pôr do sol em Pinheiros

Um local agradável para passear com as crianças, cachorros, fazer piqueniques ou apenas relaxar a cabeça depois de um dia estressante, vendo o sol se pôr.  

Instituto Tomie Ohtake

O legado da artista nipo-brasileira Tomie Ohtake está no seu instituto dedicado à arte, arquitetura e design.

Desde a sua fundação em 2001, o Instituto Tomie Ohtake já recebeu mostras de artistas como Joan Miró, Pablo Picasso e Frida Kahlo.

Um passeio inspirador para conhecer mais da arte contemporânea brasileira. O prédio é sensacional com a fachada pintada pela própria Tomie. O prédio foi projetado levando em conta a acessibilidade, proporcionando conforto para idosos e portadores de necessidades especiais.

Clubes

A região de Pinheiros conta com dois clubes nos arredores:

  • O centenário Esporte Clube Pinheiros na região da Faria Lima tem cerca de 40 mil associados com boas opções de lazer.
  • O Hebraica, perto do Shopping Eldorado, com atividades esportivas, recreativas e culturais.

Compras

O bairro de Pinheiros é bem servido no quesito compras. Dois grandes shopping centers estão na região e proximidades: o Eldorado e o Iguatemi. A rua Teodoro Sampaio tradicional pelas lojas de móveis e instrumentos musicais também fica na região.

Na praça Benedito Calixto ainda há comércio de roupas, acessórios e antiguidades, tornando o ambiente bem movimentado.

uma mesa de madeira com diversos objetos feitos de couro

3. Serviços em Pinheiros

Áreas verdes e comodidade

A região é cheia de parques e praças. Quem mora por lá consegue caminhar tranquilamente por elas, fazer exercícios e relaxar. Além disso, quem mora em Pinheiros, consegue otimizar seus deslocamentos de ida e volta por estar em uma localização que facilita acesso a todas as regiões da cidade por meio de avenidas principais, além de estações de metrô da Linha Amarela. Outra vantagem é poder aproveitar as ciclovias da região para pedalar ou usar os famosos patinetes para se locomover.

Escolas

E para os casais com filhos, Pinheiros também é ótimo para morar! A região é cercada de boas escolas como os colégios Palmares, Horizontes, Stella Maris e o internacional Saint Francis.

4. A história de Pinheiros

O bairro de Pinheiros fica na zona oeste da capital paulista e é considerado um dos mais antigos da cidade.

Nascido ao longo do rio Pinheiros, a origem do bairro data de 1562, quando após um grande ataque em São Paulo, os índios partiram de Piratininga e se estabeleceram onde, hoje, fica o Largo da Batata.

O motivo da partida dos índios foi a construção do forte Emboaçava, às margens do Rio Tietê, perto da foz do Rio Pinheiros, pelos portugueses, que impediu a retomada das terras pelos indígenas.

Em 1584, um decreto da Câmara Municipal estabelecia uma multa de 500 réis para quem cortasse qualquer árvore do Bosque dos Pinheiros da rua São José (atual Paes Leme). Mesmo assim os pinheiros foram quase extintos da paisagem local.

Anos depois na década de 1600, o então chamado Caminho de Pinheiros (atual região da Consolação) era uma das principais vias da então vila de São Paulo.

O ciclo do café, entre o final do século 19 e começo do século 20, contribuiu ainda mais para o desenvolvimento da região. A região evoluiu com as exportações e também com a chegada dos imigrantes italianos e japoneses.

imagem do Largo de Pinheiros nos anos 60

Largo de Pinheiros, SP, década de 1960.

Depois de conhecer mais detalhes sobre o bairro, ficou com vontade de morar nele? Com a Tecnisa, você pode. Saiba mais detalhes sobre o futuro lançamento em Pinheiros.

No início do século 20, foram fundados o Mercado Caipira, a Sociedade Hípica Paulista e a Cooperativa Agrícola de Cotia. Essas instituições proporcionaram a ampliação da infraestrutura local como meio de transporte, luz e água e intensificaram o progresso da região.

Pinheiros em SP é um bairro ótimo e com tudo que você precisa: de vida noturna, boas opções de gastronomia à educação e lazer para os filhos. Uma região para desfrutar dos melhores serviços e ter um estilo de vida no coração da maior capital do país!

Conheça os projetos da Tecnisa em diversas cidades do país e saiba quais são as oportunidades do mercado nas quais você pode investir.

Tem dúvidas no processo de compra de imóvel? Leia nosso Guia de Compras com todas as informações que você precisa, como tipos de financiamento, uso do FGTS, compra de imóvel na planta, documentações e muito mais.