Como restaurar aquele aparador antigo e valorizar sua decoração

Móveis são itens fundamentais na ambientação de uma residência. Eles ajudam a organizar ambientes e a transmitir mais a personalidade de seus usuários.

2 de dezembro de 2019

Mas seu estado, sua aparência, é também uma influência importante na maneira como as pessoas percebem os espaços. Um aparador restaurado no hall de entrada, por exemplo, pode ajudar a recepcionar melhor os visitantes.

Aliás, trabalhar o visual de peças antigas é uma excelente oportunidade de exercer a criatividade e a inteligência, e de embelezar os ambientes de casa. Uma peça adquirida em um comércio de velharias ou algo herdado da avó, tudo isto pode ganhar novos ares. Quem exerce trabalhos manuais ou se arrisca no estilo ‘DIY’ sabe bem das vantagens de se reformar um móvel assim. O resultado pode ficar muito além do esperado.

imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Carolina Annibal

Um móvel antigo restaurado pode ficar incrível!

Móveis antigos costumam apresentar um visual mais clássico. Quando restaurados ou em boas condições, podem acrescentar mais estilo e sofisticação a uma determinada decoração – mesmo que misturados a elementos contemporâneos. 

Dependendo da estratégia adotada pelo designer de interiores, uma peça como esta pode virar o centro das atenções de uma composição. Algo especial.

“Móveis de madeira, especialmente os antigos, costumam ter um design capaz de ultrapassar gerações e doar uma identidade única ao ambiente.” – restauradora Helka Velloso, em reportagem de Tua Casa.

imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Katia Perrone | Marília Veiga
imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Move Móvel | Antonio Armando de Araujo

Mas vale a pena restaurar móveis antigos?

Às vezes, a ideia do designer não é apenas decorar, mas contar uma história, criar um conceito, achar uma identidade para os ambientes de uma residência. 

Muitos podem pensar que para isto serão necessários altos investimentos. Só que o segredo pode estar em uma simples peça que se consegue resgatar do passado, dando uma cara nova, uma repaginada, e posicionando estrategicamente no espaço.

Um móvel antigo pode ser extremamente valioso – por seu estilo, e pelas emoções e sentimentos ligados a ele. E havendo possibilidade de resgatá-lo do descaso, vale a pena se dedicar a recuperar todas as suas partes de modo a reintegrá-las à decoração de interiores. Isto é positivo de muitas formas – para a representação de um afeto, a economia de dinheiro, a preservação do meio ambiente, e outras razões mais.

imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Noura Van Dijk | Roberto Miggoto

É preciso valorizar aquilo que se tem. Não é garantia que peças mobiliárias novas venham com tanta beleza e qualidade que certas peças mobiliárias antigas apresentam. 

Por isto é que considera-se interessante tentar resgatar algum item assim, que esteja desgastado, através de uma restauração. É o melhor jeito que muitos designers encontraram de embelezar algum cantinho do projeto sem gastar muito do orçamento de seu cliente.

“Muitos deles (móveis) foram produzidos com madeiras que já nem existem mais, de excelente durabilidade, capazes de aguentar muitos anos de vida e inúmeras transformações.” – Helka Velloso.

imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Adriana Fornazari |Valdivieso
imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Casa Aberta | Mauricio Karam

Ideias simples para restaurar um aparador antigo

Há jeitos bem simples, rápidos e baratos de restaurar um móvel antigo. No caso dos aparadores, falando mais especificamente, a primeira coisa a se observar é a condição do tampo e das extremidades de seus pés. 

Alguns modelos possuem gavetas que também podem precisar de novos puxadores. Ou talvez seja preciso dar um novo polimento ou mesmo um novo revestimento e este conjunto de peças.

Num primeiro momento, é preciso levar o móvel para um lugar bem iluminado e bem arejado – fora do trânsito de pessoas. 

Então, todos os acessórios devem ser retirados. O mais indicado é desmontar todas as partes. Ou, na melhor das hipóteses, faz-se somente a revisão dos parafusos e das dobradiças – se houver. Daí, passa-se um pano úmido para tirar toda a poeira.

imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Casa Aberta

Com o móvel já bem seco, pode-se pensar em lixar o aparador para tirar o máximo das camadas de tintas ou de vernizes anteriores. Em alguns casos especiais é indicado o uso de um tipo específico de removedor. 

Posteriormente, faz-se outra vez a higienização de tudo. Neste momento, já é possível aplicar o novo verniz, um fundo nivelador branco, e as demãos de tinta na cor da preferência ou outro recurso de revestimento.

É possível ter que reparar, antes, partes danificadas do aparador – como buracos e lascas profundas. Quem não possui habilidades manuais pode contar com a experiência de um profissional especializado nesta hora. 

Na etapa final, recoloca-se ou colocam-se novos acessórios. Pode-se também buscar meios de personalizar ainda mais o móvel com a ajuda de cola em spray e retalhos de tecidos, papéis de parede, folhas de ouro, e mais.

imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Andrea Lenz | Giselle Jaeger Silva de Moraes
imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Rico Mendonça

Existem até outras técnicas ainda mais interessantes para fazer o acabamento de móveis antigos já restaurados. 

Por exemplo, a pátina – que é uma técnica de pintura que usa produtos químicos para deixar a madeira com um aspecto envelhecido – o que combina muito bem com ambientes em estilo rústico e vintage. Lembrando que qualquer toque diferenciado feito deve combinar com a proposta de decoração para o ambiente.

imagem de um comodo com aparador antigo decorado
Revista Viva Decora

Agora é sua vez de soltar a criatividade e transformar um aparador antigo em um elemento cheio de estilo para a sua casa. 

Avalie todas as possibilidades para dar uma cara nova ou até mesmo uma nova funcionalidade a este móvel. Não perca esta oportunidade de embelezar ainda mais a sua casa.

Essas dicas de como renovar e utilizar um aparador na decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.