Tecnisa: referência em inovação para grandes empresas

Há anos a Tecnisa é vista como uma empresa inovadora e de grande destaque do ramo imobiliário. O reconhecimento por profissionais empreendedores e referência no mercado enche a casa de orgulho e nos faz querer espalhar as boas notícias em nossas redes.

fastdating-op-2-1

Há anos a Tecnisa é vista como uma empresa inovadora e de grande destaque do ramo imobiliário. O reconhecimento por profissionais empreendedores e referência no mercado enche a casa de orgulho e nos faz querer espalhar as boas notícias em nossas redes.

É o caso de Pedro Waengertner, Empreendedor, Investidor, Educador e profissional de Marketing, que recentemente listou três ações essenciais para uma grande empresa implementar a inovação em seus processos diários. Waengertner é co-fundador de diversas empresas e atual CEO da Aceleratech, a principal aceleradora de startups da América Latina. Em seu artigo, ele cita a Tecnisa como uma das empresas que mais se aproxima e incentiva as startups buscando parcerias pelo Fast Dating – encontros rápidos com essas pequenas empresas para elas nos apresentem uma boa ideia e, quem sabe, se tornem nossas parceiras de negócios.

Confira abaixo o artigo na íntegra ou acesse pelo LinkedIn.

Inovação: 3 Ações que eu faria em uma Grande Empresa se eu fosse o CEO

Vemos o tempo todo notícias sobre mercados desaparecendo, gente falando que em X anos boa parte das grandes empresas não mais existirão. Aliás, não aguento mais aquele slide que mostra que o AirBnb é a maior empresa de hospedagem e não tem um quarto, o Uber é a maior empresa de transportes e não tem um carro… Bom, entendemos o recado. Está bem claro que TODOS os modelos de negócio tradicionais estão ameaçados. Mais do que isso, que todos os negócios estão constantemente sendo desafiados por concorrentes que nunca imaginamos.

Supondo que eu assumisse um cargo como CEO de uma grande empresa e precisasse rapidamente começar a fazer o transatlântico virar na direção da inovação, o que eu faria? Pensei em três ações que podem iniciar em menos de um trimestre e terão impacto por anos a fio, se forem bem executadas:

1 – Sugeriria colocar um Empreendedor Digital Experiente no Conselho

Não adianta só criar gerências e diretorias de inovação. Quem aprova a estratégia da empresa? O Conselho. Quem aprova investimentos em novas empresas? O Conselho. Quem aprova a compra de novos negócios? O Conselho. Um diretor fica em média três anos em um cargo. Todos os estímulos são para que crie resultados no curto prazo. Como proteger a empresa de seus próprios diretores? Simples: mudar a cabeça do conselho. Existem empreendedores experientes e seniores o suficiente para trazer um contraponto importante em grandes Conselhos de Administração. Precisamos pensar diferente e precisamos mudar precisamente onde as idéias inovadoras geralmente morrem. Ação simples que não aumenta o custo da empresa em um centavo sequer.

2 – Implantaria metodologias Ágeis/Enxutas nas principais áreas da empresa

Se a GE consegue fazer Turbinas usando os métodos do Lean Startup, qualquer empresa pode. Se o Richard Branson consegue criar uma companhia aérea de maneira Lean, todos podem. Sem desculpas. Tem que ter a coragem de dizer que a partir de agora usaremos o método Lean na empresa. Afinal, me chamaram para ser CEO para que? Treina todo mundo da empresa (começando pelas áreas críticas), re-treina, demite aqueles que forem resistentes, contrata novas pessoas, mas implementa o método. Não é rocket science. Não é caro. É apenas uma nova maneira de pensar. Começa a fazer a implementação nas áreas mais críticas: P&D, Marketing, Vendas e aí por diante. A partir do momento que os resultados forem aparecendo, as pessoas iriam ficar mais confiantes. Além disso, é muito mais divertido trabalhar em um ambiente assim. Impacto na moral.

3 – Faria um programa de aproximação com Startups

Não estou sugerindo investir milhões de dólares em Startups. Minha sugestão é muito simples: sabe aquele pacote de Software que você nem pensa mais e paga milhões para aquela grande empresa multinacional? Pois é, tem startups que fazem aquilo por 1/10 do valor. Provavelmente fazem melhor, pois são focadas, especializadas. Imagina fazer isso com todas as áreas do negócio? RH, Logística, Marketing, tem Startups que atendem todas as áreas! Basta fazer pilotos, começar a trabalhar com estes caras e aprender. Mas não é tão simples: as empresas não estão configuradas para trabalhar com startups. A área de compras, por exemplo, exige milhares de documentações, muitas vezes irreais para uma pequena empresa. A solução: criar atalhos para que estes empreendedores possam vender para todas as áreas da empresa. Tem gente que está fazendo isso há alguns anos, como a Tecnisa. A parte mais legal é que os resultados não são apenas objetivos, mas a empresa começa a entender como funciona uma Startup. Ela se torna mais permeável a inovação. Isso combinado ao item anterior tem um resultado explosivo em termos culturais.

São três ações muito simples, que não trazem nenhum produto bala de prata, ou leva todos ao Vale do Silício. É apenas uma fagulha para que a inovação comece a acontecer. A mudança mais importante é na cabeça das pessoas. Garanto que em dois anos teríamos uma empresa nova nas mãos.

Para saber mais sobre o Fast Dating e a proposta da Tecnisa, clique aqui.