10/11/2017 | por

Vintage x Retrô

Deu um toque nostálgico na decoração da sua casa, mas ficou em dúvida se ele foi vintage ou retrô? Pensava que os dois eram a mesma coisa e ao mencionar a mudança, alternava os nomes dos estilos?

Compartilhe

Principais diferenças entre estes estilos e como aplicá-los na decoração.

Deu um toque nostálgico na decoração da sua casa, mas ficou em dúvida se ele foi vintage ou retrô? Pensava que os dois eram a mesma coisa e ao mencionar a mudança, alternava os nomes dos estilos?

Hoje vamos contar quais são as principais diferenças entre vintage e retrô no universo da decoração. Confira:

 

SIGNIFICADO & ORIGEM
Retrô faz referência à palavra “retrospectiva”, por isso pode ser considerado um resgate, uma releitura daquilo que já foi visto no passado.

Já o termo vintage é o resultado da junção de duas palavras: “vint” e “age” – safra de uvas e idade, respectivamente – o que permite realizar a analogia: assim como o vinho, quanto mais antigo o elemento decorativo, melhor sua qualidade no âmbito vintage.

INSPIRAÇÃO & REFERÊNCIA
Pode-se considerar vintage todos os objetos originais das décadas de 20 a 60, enquanto o retrô se inspira na decoração dos anos 70 e 80.

Enquanto a decoração retrô possui peças relançadas, recriações ou reedições semelhantes ao antigo, o vintage faz uso estritamente de peças originais criadas entre os anos 20 e 60.

VALORES & ONDE ENCONTRAR
Por serem originais da época, elementos decorativos vintage, quando encontrados em bom estado de conservação, têm embutidos em seus custos todo o valor histórico. Já os produtos retrô, como usualmente são reproduzidos em escala pela indústria, costumam ser mais acessíveis em custo.

Por isso, peças retrô são mais fáceis de serem encontrados, enquanto as vintage devem ser garimpadas em antiquários.

 

E aí, já sabe qual o estilo usou – ou irá usar – na sua decoração?
Inspire-se!

 

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS